terça-feira, 8 de novembro de 2011

Aquelas aulas perdidas no Fliperama...

Fight Never Ends!
Pois é de hadouken e hadouken que a gente chega lá!

A gente ia para a escola, esperava os amigos. Aí vinha a aula de matemática, vinha o sono e a vontade de fugir. Ainda bem que sempre tinha um Fliperama por perto para salvar os alunos do tédio! Benditos sejam os donos de playtimes que fizeram das nossas vidas um pouco mais felizes.

Não sou especialista em games, também não era um assíduo frequentador de PlayTimes. Isso mudou depois que descobri The King of Fighter 98 em uma toca atrás da escola. Duas máquinas Arcades, ficha por dez centavos, uma garrafinha de uva. O que querer mais da vida?

Lá aprendi que Athena e Kim são as melhores opções pra quem não sabe jogar. May é a diva do KOF e Iory é o fodão, para profissionais da sequencia. Com apenas uma pífia moeda, nos divertíamos muito, cada um pegava um boneco e pronto. Sempre tinha aquele amigo que salvava a ficha, às vezes, eram “3 por um real” (sabem o que eu estou falando né?) e mesmo que estivéssemos perdendo, sempre tinha o troco daquela garrafinha de uva. (Dudu, sacolé já que nosso blog é nacional ^^).

Vamos jogar uma ficha?
Pois é, os jogos assim como nós, cresceram e evoluíram. Uns para pior, outros para melhor. Outros ainda reinventaram a história dos games de luta. Posso dizer que os mais importantes, aqueles que jogava durante as matadas de aula, foram, além do KOF, foram Tekken 3, Samuray Shodown, Last Blade, Marvel x Capcom e as diversas versões de Street Fighter.

Reencontrei alguns deles esse ano. Alguns estão bem, outros nem tanto. Alguns teimam em não se aposentar. Mas o fato é que eles continuam fazendo a cabeça de muita gente...

Vejam como foi o meu encontro com alguns destes jogos:

Como eles estão hoje?


Tekken(Tá muito bem obrigado) Bem, resolvi testar o tal do Tekken 6, há muito tempo também em um Fliperama perto do colégio (passava mais tempo por lá do que na sala de aula) conheci o Tekken 3. Um jogo 3D com uma boa jogabilidade e variedade de golpes. Creio que o que diferencia Tekken dos outros é a inexistência de golpes “mágicos” hadoukens e psyco balls da vida. As lutas são mais próximas da realidade, mas com um pezinho na ficção.
Se você não é acostumado com games de luta, uma dica: procure alguma coisa pra descarregar a sua raiva! O jogo é cabuloso. Personagens chatos mesmo que empatam a sua vida. Até parece que eles escutam todos os xingamentos que você declama quando perde e voltam para se vingar.
Escolhi Miguel, um espanhol toureiro bêbado e fui galgando o caminho para a vitória (rs). Vou fazer uma análise deste jogo pois joguei ontem...

Jogabilidade (não tenho do que reclamar, apenas é chato você apanhar deitado)
Trilha Sonora ( Tá muito boa, orquestras, e até reformulações bem engraçadas. Escolha o cenário das ovelhinhas e depois comente)
Gráfico (Show de bola, variedades de cenários e atenção aos detalhes)
Inovação ( Posso dizer que Tekken segue a sua linha e faz bem o seu trabalho. Nós demoramos pra ficar entediados).
Se eu não sei jogar escolho… A capoeirista. Rode a alavanca e aperte todos os botões. Vai funcionar.


The King of Fighters (Já teve dias melhores)

KOF já é um jogo consolidado. Clássico e referência. Básico para qualquer um que quer começar. Achei um absurdo o rumo que este jogo tomou. 3D e KOF não combinam, definitivamente. E o que falar da nova versão para o XBOX? Simplesmente, o pior jogo que eu já joguei em toda a minha vida. O que é aquilo? Jogue as versões mais antigas, a dica é Athena e Kim pra começar.




Mortal Kombat (Tá mais jovem, não envelheceu nada)


Um dos melhores games de luta do ano. Mais violento também. Quer descarregar a sua raiva? Nada melhor que um gancho bem dado e um fatality no fim da luta. Cenário e jogabilidades perfeitos. Variedade de personagens e golpes, sequencias e várias surpresas durante o jogo fazem de mortal Kombat um forte candidato para jogo de luta do ano. “Mileena wins” vai ficar na sua cabeça por um tempo... Aquela #$%@&. Escolha Kung Lao pra começar.

Samuray Shodown ( Nem sabia que era você!)

Outra coisa feia. Não tenho muito que falar disso, SS já era um jogo bom naquele tempo do Neo Geo. Fico me perguntando como jogos deste tipo são lançados. Uma vergonha. Entediante, jogabilidade difícil de compreender. Personagens lentos, gráfico lamentável e uma série de outras “qualidades” quase enterraram de vez a franquia. Nem tente. Ou vá e comprove (ou não) o que eu digo. Galford é a melhor pedida para os iniciantes.

Street Fighter ( Bom te ver de novo!)

No início a gente pensa que foi tanto alarde pra nada. Personagens desenhados a mão, gráficos de muito bom gosto 2 tipos de golpes especiais. SF cumpre o seu papel e garante boas horas de diversão. A pouca variedade de personagens e a ausência de outros modos (como é o caso de Tekken) nos fazem enjoar depois de um tempo. No fim, tem sempre uma cena em animação. Vale apena tentar zerar. Ken ,como sempre, é o maioral aqui.

Até a próxima, nos encontramos nos Playtimes da vida! Um shoryuken na cara de vocês para acordar! Fui!






3 comentários :

  1. Lázaro 'Arauto' Júnior8 de novembro de 2011 11:01

    É importante salientar que o MALKAVIANOS CLUBE DE RPG não incentiva de qualquer forma aos alunos de qualquer idade e/ou instituição de ensino a FALTAR AULAS SEM PERMISSÃO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS E/OU COM MOTIVOS REALMENTE RELEVANTES.

    Tais atos irresponsáveis foram cometidos por alguns de nós do blog, mas de jeito nenhum são motivos de orgulho ou substituem uma educação de qualidade! Pois lugar de criança é na Escola!

    Qualquer um que tem mais de 18 anos e falta aulas por motivos fúteis, é ainda mais imaturo(a) que uma criança!

    Dito isso, o post, é ÓTIMO!!! Parabéns!!

    ResponderExcluir
  2. É importante salientar que o MALKAVIANOS CLUBE DE RPG não incentiva de qualquer forma aos alunos de qualquer idade e/ou instituição de ensino a FALTAR AULAS SEM PERMISSÃO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS E/OU COM MOTIVOS REALMENTE RELEVANTES.

    Tais atos irresponsáveis foram cometidos por alguns de nós do blog, mas de jeito nenhum são motivos de orgulho ou substituem uma educação de qualidade! Pois lugar de criança é na Escola!

    Qualquer um que tem mais de 18 anos e falta aulas por motivos fúteis, é ainda mais imaturo(a) que uma criança!

    ResponderExcluir
  3. Só pra reforçar! Assistam as aulas pois vocês são o futuro do nosso país!

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Seu feedback é importante pra nós!

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...