segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Você vai à feira japonesa?

Feira Japonesa reuni milhares de pessoas este ano
Por Ailson - Boss - Lima


Essa pergunta tornou-se comum nos dias de hoje. Em qualquer época do ano, mesmo que não esteja tão perto da famosa feira, é como falar sobre o tempo ou perguntar se você vem sempre aqui. Já é clichê.

A Feira Japonesa, evento que acontece todo ano nas imediações da Praça do Arsenal no Recife Antigo, já está na sua 15º edição. Durante todo este tempo, podemos conhecer um pouco mais da cultura nipônica, apreciar sua culinária, ouvir os seus tambores, dançar aquela dancinha e de quebra comprar uns mangás na rua do anime. Este ano, o tema do evento foi o taiko, um tambor usado nas antigas aldeias para delimitar as regiões através do alcance do som.

Enquanto rolava a feira...
O que vem acontecendo é que a feira está perdendo os seus olhos puxados. Quase ninguém quer saber de ver apresentações de karatê ou tambores. A grande massa vai mesmo é para encontrar os amigos e tomar umas, ou até duas.

Os tradicionais cosplays, que eram uma atração a mais, deixaram a desejar. Quase não se via eles pelas ruas. Talvez a quantidade de eventos específicos e a dificuldade de se fantasiar ao ar livre, sem o apoio de salas ou banheiros, tenham contribuído para este fato. De acordo com o Jornal do Commercio a segurança e organização também foram fatores pendentes na feira deste ano.  “A feira é muito movimentada e atrai muitos jovens interessados na cultura japonesa. O que preocupa é a falta de segurança. Minha sobrinha já foi assaltada no evento e a gente não vê policiais por perto”, avalia a fisioterapeuta Diamantina Meneses, 62 anos em entrevista para o JC.

Bem que eu estava prevendo isso quando estava tentando comprar um cachorro quente um dia desses. Presenciei aquelas conversas que não queremos ouvir, mas é impossível, pois as pessoas falam bem perto de você. –Iai tu vai na feira do Japão? Falava um cara, com toda pinta de substituto do MC Sheldon, as novinhas responderam positivamente (Pra quem não mora em Pernambuco fique feliz por estar voando agora). Não que agregação e diversificação não sejam coisas bacanas. Longe de mim. Mas percebi que a feira perdeu o foco. Pelo menos para os frequentadores. Não todos, repito e insisto em dizer, mas para uma boa parte deles.

Poucos Cosplays, quase nenhum
Eu quero mesmo é comer meu Tempura* vendo aquelas apresentações. Passear pelas barracas e comer mais um biscoitinho da sorte, imaginar que a praça do arsenal está cheia de flores de cerejeira, comer mais um Korokke* para finalizar com um sake* e ver o Goku e o Yusuke Urameshi passeando juntos por lá...

Quem sabe no ano que vem?

*Tempura - vegetais em pedaços, frutos do mar e carnes fritas
Korokke - bolas de puré de batata recheadas com vegetais cremosos, frutos do mar ou carnes e depois frita
*Sake - tradicional bebida alcoólica japonesa, basicamente feita de grãos de arroz e água. 








Confiram mais fotos abaixo...





Fotos cedidas pela turma do Clube Malkavianos : Guga, Danilo, Rafael, Cassiano, Carlinhos e Anderson.
















13 comentários :

  1. Mto show a feira...Queria que tivesse mais cosplays =(
    Anyway me diverti muito

    ResponderExcluir
  2. Uma droga essa feira, antigamente era 1000X melhor!

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente não dá pra ir mais... Muita desorganização... parece uma feira no meio do carnaval. Quando fui a primeira vez lá pelos idos de '99, era bem melhor.

    Os "Cosplays" parecem meio sem inspiração. Ao menos nestas fotos , eu gostei da 'Blue Mary' e do 'Flash'(meu amigo Jean). Aliás alguém me apresente a primeira...

    Abraço galera.

    ResponderExcluir
  4. Madu, essa sua foto... Foi no Orto de Dois Irmãos, ou no Feira? :D

    ResponderExcluir
  5. Era bem melhor antes essa feira viu...

    ResponderExcluir
  6. Gostava quando tinham umas bandas de anime estigando a galera no palco, teve um ano q proibiram pq a galera ficava fazendo roda punk

    kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Poxa realmente, parece que quando os eventos começam a se disseminar pelo Recife vão ficando cada vez menos interessantes, isso porque vai tanta gente que não curte de verdade, vai mais pra fazer baderna mesmo e as pessoas que curtem de verdade acabam não indo mais, o que é uma pena porque esse evento é sempre bom, é de graça!

    ResponderExcluir
  8. Queria muito ter ido esse ano, me impressionava sempre que ia com as apresentações,a feira que eu mais achei legal foi uma que teve uns "leões da sorte" algo assim... eles passeavam pela gente e quem tocasse neles teria sorte por toda vida, eu lembro que eu me estiquei toda e num consegui ¬¬' mas foi muito linda a feira. Esse ano parece que não foi legal né?

    ResponderExcluir
  9. Já faz um bom tempo que tinha notado essas mudanças na feira e fico feliz que não seja o único que tenha percibido.

    Também postei no meu blog sobre a Feira deste ano:
    Big Lui: Feira Japonesa do Recife 2011

    ResponderExcluir
  10. Lázaro 'Arauto' Júnior28 de novembro de 2011 12:48

    A idéia da feira é sempre muito boa. Mas infelizmente os deméritos tem aumentado consideravelmente. É realmente uma lástima que um evento tão bom e esperado venha sofrendo tanto.

    ResponderExcluir
  11. Desde 2002 q eu vou à feira todo ano, e realmente, nao está mais valendo a pena. Perdeu totalmente o foco. A desorganização impera.
    A falta de estrutura é um fato que precisa ser resolvido. O triste é que pra eles não importa o real motivo das pessoas irem. Tendo quantidade tá valendo... com isso a qualidade vai pro chão.

    ResponderExcluir
  12. Capitão Brasil! Meu amigão tá aí... Eu gostava muito dessa feira, mas perdeu muito em qualidade nos últimos anos. Por ser um evento 'aberto' acabou virando mais um carnaval de final de ano!

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Seu feedback é importante pra nós!

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...